Iracélli da Cruz Alves

Historiadora negra, natural de Alagoinhas, interior da Bahia, em 2013 graduou-se em Licenciatura Plena em História na UNEB, campus II (Alagoinhas). Em 2015 tornou-se mestra em História pela UEFS e em 2020 concluiu o doutorado em História na UFF. Ao longo de sua trajetória acadêmica tem investigado a história dos feminismos no Brasil, se concentrando especialmente nos movimentos de mulheres ligadas ao PCB. Além das atividades de pesquisa, tem atuado como professora da educação básica e de cursos de formação de professoras e professores. Compõe o GEPEA (Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Alagoinhas) e a Rede de Historiadorxs Negrxs.

Principais áreas de interesse e atuação

Feminismos; Antirracismo; Ensino de História; História Política; História Pública